sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

De volta em tempo integral

Depois de algum tempo afastado e sem tempo livre, volto, agora, a atualizar o Blique com regularidade. Pretendo que seja pelo menos três vezes por semana, ou até diariamente, dependendo do assunto e do material disponível para ser publicado.

Estive internado em meus projetos em 2011. Projetos de uma vida inteira. Uma vida inteira de estudos, de observação, de dedicação, de acúmulo de experiência com muita intensidade.

Minha angústia criativa que sempre me moveu na direção de novos aprendizados e novas conquistas, me fez aprofundar conhecimentos e técnicas no desenho - físico e digital -, na caricatura, na pintura, na escultura, no empreendedorismo que "linka" tudo e na arte de escrever roteiros e animação. Consequentemente, essa necessidade de não me permitir ficar na perigosa zona de conforto profissional, sem alguma coisa nova pela frente, está agora me levando a reunir toda essa bagagem pra concentrar o foco na geração de conteúdo diferenciado e inovador para televisão. Pra isso foi preciso dispensar um bom tempo, muito investimento e desenvolvimento para que tudo pudesse acontecer agora em 2012.

Nesse retiro profissional, pude descobrir, e experimentar novos materiais e novas tecnologias, que associadas ao desenvolvimento de meu trabalho, trarão resultados inovadores e de grande impacto visual.
Tenho muitas novidades, muitas coisas interessantes pra trocar com todos, e espero o feedback pra avalizar e balizar todas as minhas conquistas, nesse novo - pra mim - mundo mágico da televisão. Um desafio e tanto, que está começando a dar certo, e todos serão surpreendidos com a maior novidade da televisão brasileira dos últimos 20 anos. Ninguém perde por esperar.

Enquanto descansava do trabalho intenso, pintava, na varanda de casa pra recuperar as energias, um presente pra um amigo querido colocar em sua aconchegante casa de Punta del Este.
Sou um fã de marinhas, e nessa fase da vida, decidi fazer as minhas próprias como parte de meu relaxamento mental e físico. É um prazer indescritível, uma terapia fundamental, e ainda decora minha casa nova. Quem disse que em casa de ferreiro o espeto era de pau?
Como não poderia deixar de ser, uma certa crise profissional me atormentou durante esse período de transição e consolidação: deveria voltar a fazer charges, ou esse momento, que foi maravilhoso e projetou minha carreira nacional e internacionalmente, tinha mesmo chegado ao fim? Pelo que parece, e aconteceu em 2011, um ano difícil de catarse e reentendimento interno, realmente, ser um chargista passou a fazer parte de um passado saudoso, de muito trabalho, grandes realizações, e de muita alegria.
Mas como nunca digo que "dessa água não beberei", posso ser convencido novamente a retornar ao mundo da política impressa. Nunca se sabe.

Enfim. Amanhã já tenho a primeira novidade. Até!

6 comentários:

  1. Que bom que você voltou! Aguardamos as novidades ansiosos. Abração, Amarildo

    ResponderExcluir
  2. Amigo Amarildo!
    Obrigado pelo carinho. Temos que marcar nosso jantar aí em Vitória!
    Forte abraço.
    Ique.

    ResponderExcluir
  3. Lindas telas...Roteiro de animação é meu sonho de consumo, um dia chego lá. Cláudia

    ResponderExcluir
  4. OI Cláudia,
    Obrigado. Espero que consiga logo.
    Bjs
    Ique

    ResponderExcluir
  5. Que legal compadre, aqui tão distante (São Luís do Maranhão), você tem um simples chargista que admira pra caramba o seu trabalho, eu. No Brasil são poucos que conheço, mas com tanta perfeição, somente pra você Ique tiro o chapéu, não te conheço, mas assim como eu, meus filhos e esposa gostam demais de seus desenhos. Que bom que estará de volta!!
    Abraço Caju ( Jornal Pequeno)

    ResponderExcluir