terça-feira, 31 de agosto de 2010

Carta aberta!

Lamentando e sentindo muito ter sido levado a tomar essa decisão, publiquei hoje, dia 31 de agosto de 2010, meu último trabalho como chargista do Jornal do Brasil. Essa edição em que a charge foi publicada, também foi a última da casa, impressa em papel jornal.

Depois de receber muitas manifestações, mensagens via e-mail, facebook e twitter, sobre minha saída do JB, em respeito e retribuição ao carinho recebido, tenho que dar uma satisfação pública a tantos amigos, leitores, seguidores e colegas de profissão.

É sabido por todos, que o JB vinha vivendo mergulhado em uma grande e profunda crise. Era necessário muita resignação, que eu tive, protelando essa decisão a cada momento de dificuldade apresentado pelos comandantes da náu a deriva. Isso por acreditar que alguma solução milagrosa seria encontrada a qualquer momento, pra salvar aquele lugar mágico que foi meu ninho, minha escola, meu palco. O palco de muitas conquistas importantes como os dois "PRÊMIOS ESSO DE JORNALISMO" de 1990 e 1991. Honraria que só o Jornal do Brasil recebeu na história do prêmio e do jornalismo brasileiro.

Minha decisão foi pragmática e baseada nas informações anunciadas pelo comando da empresa, a cerca do audacioso projeto, que não se encaixou em minhas expectativas pessoais para este momento profissional.

Diante desta rrealidade, só me restou encerrar meu ciclo de 27 anos junto com a edição impressa do Jornal do Brasil, que foi tão importante para o jornalismo, para a democracia, e para a minha vida, ao me consagrar como profissional das artes gráficas.

Abaixo dois dos momentos mais marcantes de minha carreira: Minha primeira charge oficial e também a última. As duas criadas especialmente para o jornal:

Cheguei na casa entre 1983 e 1984 ainda muito jovem, aos 22 anos, sonhando em ser um dia o maior chargista do país. Publiquei muitas caricaturas e ilustrações para outras editorias, até que em 1985, consegui finalmente ver minha primeira charge política estampada na página mais nobre do jornal: A página 10, do editorial e das charges.

Tancredo havia sido eleito e dominava o mundo com seu carisma. A democracia voltava e eu nascia para a charge política nacional.


A última charge mostra a pressa da candidata Dilma em ocupar o lugar do presidente operário, que ainda não é seu, revelando toda a arrogância Petista.

Depois de tantos anos como chargista político diário, me sinto merecedor de umas boas férias. Até breve!

34 comentários:

  1. Olá Ique!

    É uma pena não poder mais ver suas charges no JB, ams acredito que a sua decisão tenha sido acertada.

    Não deixe de atualizar aqui e de postar charges para nós.

    Um Abraço e muita paz.

    ResponderExcluir
  2. OI Bernardo,
    Certamente vou continuar com as charges. É só um momento de reflexão. E o blog será atualizado sempre.
    Obrigado
    Ique

    ResponderExcluir
  3. Ique,

    Sou seu fã, cara!

    Faço charges para o blog do Botafogo, no globoesporte (http://globoesporte.globo.com/platb/joaoroberto/category/ze-das-charges/), e luto pra que um dia consiga alcançar metade da sua excelência nos cartoons!

    Um fortíssimo abraço, desejo que você tenha sucesso em sua nova caminhada!

    Abraço,
    André Guedes

    ResponderExcluir
  4. Acompanhei seu trabalho de chargista desde sempre. Gosto do traço, do humor e tal. Mas não compreendo todo esse mau humor com o PT, Lula e agora, antecipadamente, Dilma.
    Até entendo, cada um na sua posição. Mas o cartunismo brasileiro que está na velha mídia para que se voltou todo para a direita.
    Acho que tem que fazer humor com todo mundo. Desconstruir mitos, etc. Mas não vejo essa má vontade toda com FHC, Serra, PSDB e outros menos votados ainda.

    abraços,
    Marcelo

    ResponderExcluir
  5. Ah, continuarei acompanhando sua trajetória.
    Boa sorte. Longa vida pro blog.

    abraços,

    ResponderExcluir
  6. Antes mesmo do JB (que saudade....), desde o "Jornal da Cidade" admiro seu trabalho. Continue com a qualidade de sempre.

    ResponderExcluir
  7. Olá mestre Ique...
    Acabei de entrar no site do JB e vi o espaço que era reservado exclusivamente para as suas charges geniais esteva vazio...
    Corri aqui para o seu blog para constatar a sua saida do Jornal do Brasil.

    Muito triste ver um dos mais tradicionais jornais do mundo deixar as bancas.

    Por mais globalizada que a sociedade esteja, a notícia impressa é um documento histórico, e não devemos descartar isso assim...
    Porém, eu entendo que o jornal também é uma empresa e, empresas precisam de receitas.

    Enfim, continuarei acompanhando seu primoroso trabalho, como faço desde moleque!
    Sou seu fã de carteirinha!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  8. Muita sorte e sucesso, faça o que quer que faça! Saiba que existem mais pessoas torcendo por voce do que vc imagina. Abração

    ResponderExcluir
  9. Grande Ique, quem perde é o JB. Mesmo sem papel, você poderia continuar fazendo o seu papel. Mas cada um sabe de si. Espero o melhor pra você, aguardando - já com saudades - suas criações. Beijos e abraços.

    ResponderExcluir
  10. Pôxa, Ique, logo agora que se esperavam aquelas caricaturas metaforizando a Rainha Má e a Rainha de Copas o JB apronta uma dessas....? Seu retorno precisa acontecer logo às páginas impressas deste País, cara!
    (a) Nicolau Ginefra

    ResponderExcluir
  11. André Guedes,
    Obrigado, e continue firme lá no nosso botafogo com as charges.
    Forte abraço
    Ique

    ResponderExcluir
  12. Marcelo,

    Obrigado por ter me acompanhado sempre, mas acho que, pra dizer que eu só faço charge contra o PT, vc não tem visto meu trabalho ultimamente. Na verdade, os Petistas mais radicais tem agido assim. Só vêem o que querem.

    Existe uma máxima dos chargistas que diz o seguinte: " se hay gobierno, soy contra". Por acaso, o Lula é governo, mas mesmo assim tenho sacaneado, como um bom chargista, todos os lados. O Serra, o Índio, a Marina, etc. E quando critico os outros, se reparar bem, a Dilma e o Lula sempre são os protagonistas vencedores da brincadeira.

    Por isso,não seja rancoroso como esses petelhos radicais pra quem tudo e todos, que não dizem o que eles querem na hora que querem, se debandaram para a direita e são inimigos mortais da "esquerda" petista. Estamos numa democracia e a liberdade de expressão tem que ser respeitada. Isso me preocupa muito nesse momento. Fui muito censurado nos últimos meses no JB, um dos motivos que me levou a sair.

    Por isso, sejamos mais bem-humorados e positivos. Viva a democracia, e o humor.

    Espero que continue me acompanhando.

    Obrigado

    Forte abraço

    Ique

    ResponderExcluir
  13. Seu anônimo que se lembra dos meus primeiros passos lá no "Jornal da Cidade" na terrinha natal, Campo Grande/MS, obrigado pelo carinho. Mas você poderia se identificar pra que eu possa retribuir o carinho.
    Abs.
    Ique

    ResponderExcluir
  14. Parafraseando o Rei Roberto "Bicho... Foram tantas emoções que eu senti".

    E agora você pode cantar "Sinal Fechado" de Paulinho da Viola;"
    - Olá como vai!
    - Eu vou indo e você tudo bem?
    - Eu vou indo em busca do sonho que sabe...

    Um grande abraço, artista!

    ResponderExcluir
  15. Salve Ique!

    O que quero dizer é que, começei a gostar de desenho de humor, de charge editorial, de caricaturas, ilustrações por causa do teu trabalho. Não é novidade para ti, mas sempre que posso, quero e gosto de te demonstrar o quanto tu és importante.
    tenho guardado comigo, charges que eu recortava da página 10, para aprender história contemporânea, história do Brasil, política, artes... e tudo por causa do teu trabalho.
    Apesar da entrada na faculdade, onde aprendi mais sobre historia e política, foi analisando as tuas charges. A estética do teu trabalho e a síntese das tuas análises através dos traços.
    Meu livro de cabeceira era o "Brasileiros & Brasileiras".
    Como me orgulho de ter compartilhado algumas vezes da tua companhia lá no Lance, de ter sido privilegiado por estar acompanhando o teu processo de criação. Eu fazia as ilustrações com lápis pastel rápido, só para me sobrar mais tempo para te ver elaborar as charges.
    Como a sabedoria popular, religiosa e científica sustenta a tese de que há tempo para que todas as coisas aconteçam de maneira que seja promovido um ciclo, que seja o fim do teu tempo no JB e o início em tantas outras possibilidades.
    Independente de onde tu estejas, serei grato e estarei torcendo para que tu sejas vencedor, como sempre foi.
    Grande abraço

    Mattias

    ResponderExcluir
  16. Oba,
    O BLABLABLA NO TELECOTECO já esta funcionado no seguinte endereço: http://blablablanotelecoteco.blogspot.com
    Visite-nos e aprecie nossos serviços e atrações.
    Já estamos seguindo este espaço.

    Grato pela preferência,
    a Administração.

    ResponderExcluir
  17. Ique,

    Dizer que você é um cara genial, um mestre da caricatura e da charge é pouco!
    Quando te conheci lá no O DIA, nos anos 90, o que mais me impressionou foi saber que um ídolo também pode ser gente, gente humilde. Aquele cara que eu admirava tanto me recebeu com toda a atenção, me deu força, me ensinou muito e hoje te admiro ainda mais, pois vim acompanhado sempre seu trabalho. Por isso sei que deve ser difícil para você encerrar essa fase da vida, tendo em vista uma vida inteira de dedicação ao JB.
    Mas sei que uma nova fase vai surgir em breve levando cada vez mais o seu talento e maestria a mais pessoas que te admiram!!
    Meu amigo (se me permitir chamá-lo assim), desejo que sua estrela brilhe cada vez mais!
    E queria te dizer que o seu sonho tornou-se realidade: você é o maior chargista do Brasil!
    Um grande abraço!
    Muita saúde e paz!

    MAURO MIRANDA
    blogdomauromiranda.blogspot.com
    maurpmiranda@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  18. Meu caro Ique:
    Postei como "anônimo" um comentário sobre seu começo no Jornal da Cidade.meu nome é Fayez (Fez) José Rizk, sou Arquiteto e seu trabalho me impressiona desde que o conheci, quando aos sábados participava de longos papos com o Pinheiro, na redação do Jornal da Cidade,na Barão do Rio Branco, o que me traz saudades. Um abraço, continue crítico e bem humorado, porque, dizem, que a maior diferencial que Deus deu ao homem é a capacidade de rir, de si mesmo e dos outros.
    Fayez fez.rizk@gmail.com.br

    ResponderExcluir
  19. Obrigado Guará.
    Já que estou na chuva, vou me molhar direito!
    Abs
    Ique

    ResponderExcluir
  20. É querido Mattias,
    Você está sempre me acompanhando, me deixando sempre orgulhoso de ter colaborado em alguma coisa pra que você se tornasse esse artista que é, talentoso, generoso e corretíssimo. Talento aprimorado por muito esforço, dedicação determinação e sensibilidade. Não esquecendo nunca entre suas batalhas pessoais de lutar sempre pelo coletivo, pela profissão e por espaço pra todos.
    Obrigado por mais esse carinho e reverência.
    Forte abraço de seu admirador.
    Ique

    ResponderExcluir
  21. Tiago Silva,
    Concordo com você que dá uma tristeza danada ver um dos maiores jornais do mundo acabar assim sua tradicional impressão no papel. A internet é mesmo o caminho, mas o papel tem seu público, como nos livros. Enfim, negócios so negócios, e nos resta lamentar.
    Obrigado pelo apoio e carinho
    Abraço
    Ique

    ResponderExcluir
  22. Márcia,
    Obrigado pela manifestação e pelo carinho.
    Beijos
    Ique

    ResponderExcluir
  23. Querido Gerson,
    Todos perdemos com o fim do JB. Você me conhece há muitos anos e sempre soube de minha relação com aquela casa. Mas é a vida que segue.
    Abração
    Ique

    ResponderExcluir
  24. Matusquela serviçal da oligarquia parasitária.Ignorante perfeito para fazer o que sempre fez: panfletar infâmias para favorecer a direita. Foi detonado peloo falido jb que já era simulacro do Jornal do Brasil quando lá chegou. Esse colorista da direita alcançou grande '"prestígio" no esgoto da infame direita quando o, repito,falido jb acabou de acabar nas mãos de aventureiros especuladores.

    ResponderExcluir
  25. Só para lembrar que hoje às 22 horas o BLABLABLA NO TELECOTECO/ blablablanotelecoteco.blogspot.com/ abre suas portas para o início das entrevistas e depois uma canja musical com um grande astro da MPB.
    Não deixe de conhecer a arte circense na mais alta qualidade.
    É hoje, 10 da noite.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  26. Realmente é um fim triste para um jornal de tanto sucesso. Só espero que você não fique de férias muito tempo.

    ResponderExcluir
  27. Cara que pena mas a vida e feita de mudanças , mudanças as vezes dificeis, mas depois das ferias volta ae com seu traço que e show

    ResponderExcluir
  28. Ei!
    Você me fez viajar no tempo aqui nese post.
    Hoje moro no ES,mas na minha casa no Rio tenho uma coleção de recortes de trabalho seu.
    Era leitora, assinante do JB e tenho vasta coleção das revistas Programa e Domingo que amo.
    Sempre soube que tinha um patrimonio,
    mas agora
    é historia
    da historia.
    Quando li no twiter
    sobre o jornal deixar de em papel
    parei e me dei um tempo pra entender.
    Ainda não consegui,
    quando artista lamento tanto.
    Como poeta tenho argumentos tantos pra escrita reflexiva.
    Que bom que esta aqui!
    Alias te li la no Bla bla ,
    e te sigo no twiter ja ha algum tempo.
    Amo charces é comunicação direta.
    Vou adorar que passe em um dos meus blogs
    Bjins entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  29. NOVOS CAMINHOS

    O Bar virtual O BLABLABLA NO TELECOTECO mudou de local. Agora ele faz parte de um conglomerado chamado GUARÁ MATOS blablablas e afins/ https://sites.google.com/site/blablablaseafins/ (até eu registrar um domínio próprio, usaremos esse endereço e devemos prestar atenção no HTTPS, que é assim mesmo. Infelizmente não registra para ser seguido). Um site onde todas as expressões artísticas e culturais serão pesquisadas e divulgadas.
    São várias páginas com diversos conteúdos e a participação das pessoas vai ser de extrema importância para divulgação de eventos e dos bares da preferência de cada um.
    As entrevistas levarão o nome de “Blablablas e afins” e serão realizadas dentro da página que leva o nome do bar.
    Como site é diferente de blog criei um formulário de comentário, estilo “fale conosco”. As intervenções dos visitantes serão registradas e mandadas para uma página fora (Google Docs) e eu responderei um a um pelo e-mail que for deixado no momento do depoimento.
    Vídeos, fotos, informações, notícias, lista de contato dos amigos e tantas coisas mais poderão ser acessadas por todos.
    Procurei fazer algo de qualidade e pensando na interação, na participação dos meus seguidores e também quem eu sigo.
    Acho que vai ser muito legal pra todos nós.
    Conto com você de verdade e também com seus leitores.
    Abraços,
    Guará Matos.

    ResponderExcluir
  30. O segundo turno foi um grande acontecimento nessa eleição e mostrou que as instituições estão fortes. A sociedade é plural e não há no Brasil espaço para "Chavismo".

    ResponderExcluir
  31. Olá Ique... gostei mt de conhecer seu trabalho.. inclusive.. eu toco numa banda.. e adorei uma ilustração sua... futuramente quando gravar um cd será q eu poderia usá-la na capa? rsrs.. abção
    felipe_fiji@hotmail.com

    ResponderExcluir
  32. Ola Ique meu nome e Tiago Willian sou cartunista e tbm sempre acompanhei seu trabalho de charges como pude, e pra min particularmenti voce e um dos grandes cartunistas brasileiros seu traco e excelenti ate me identifico contigo pela sua historia de vida ainda novo comecou a mostrar pro BRASIL suas charges e eu estou comecando nessa caminhada esse tbm sempre foi meu sonho. trabalhar num grandi jornal e ser reconhecido e um sonho meu tbm e uma grandi pena nao poder mais ver suas charges la. mas. ate entendo bom ate mandei uma charge pro jornal tentando ne um grandi abraco meu grandi.amigo Ique

    ResponderExcluir