domingo, 19 de abril de 2009

El paredon!

Ninguém poderia imaginar que o presidente Americano Barack Obama, empunhando uma democracia de grosso calibre carregada de medidas, que suspenderam as restrições de viagem e remessas financeiras de cubanos-americanos, fuzilaria sem piedade o orgulho do grande ditador, junto com seu temido regime autoritário.

Reagindo as medidas, Fidel balbuciou o que talvez tenham sido suas últimas palavras: "Cuba não precisa de esmolas". Realmente nada ainda de concreto foi feito na diração de acabar com os embargos impostos a ilha de Cuba, mas o que importa mesmo é que o primeiro tiro certeiro foi dado. E tudo indica que ele foi suficiente pra ferir de morte a ditadura Cubana.

Viva a democracia!

4 comentários:

  1. Acabei de conhecer seu blog, é excelente. Virarei leitora permanente.
    Ótimo cartoon e ótimo texto.

    Quanto ao Fidel e à Cuba, aguardo ansiosamente o fim da ditadura em Cuba e a situação desumana que seu povo é submetido. Só quem é de lá sabe a verdade e não é o que aparece nos Globo Reporteres da vida.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Karina,
    Fico felia que seja leitora permanente.Participa, critique, comente.
    Beijos
    Ique

    ResponderExcluir